O Reiki auxilia na resposta curativa natural do organismo e traz alívio às dores físicas e dificuldades emocionais que se instalam quando passamos por uma doença, além de potencializar os efeitos de medicamentos, amenizando seus efeitos colaterais, por tornar o organismo mais receptivo ao processo de cura como um todo, desde seu aspecto físico, até seu aspecto sutil.

O método trabalha cada ser de maneira holística, ou seja, de maneira total (saiba mais em – visão holística de saúde) e se adequa às necessidades individuais de cada um. No método Reiki, nada é imposto, rígido ou inflexível, por isso, quando trabalhamos com outra espécie – os animais não humanos – é necessário que se tenha alguns cuidados e que sejam feitas adaptações para construir uma boa relação entre terapeuta e animal, para que o Reiki aja em seu máximo potencial.

Portanto, sempre procure um terapeuta habilitado para conduzir o tratamento com o método Reiki em seu companheiro animal.

Em casos de maus tratos, abandono, doenças, situações de luto ou stress, o animal pode desenvolver estados mentais e emocionais não saudáveis, que podem gerar distúrbios e doenças não somente nos níveis sutis de consciência, mas também disfunções físicas, geradas pelo acúmulo de bloqueios energéticos, que se instalam por razões individuais.

Em casos de doenças ou traumas físicos, além do Reiki ajudar na recuperação física e no resgate emocional, que muitas vezes é a origem da disfunção, o tratamento também auxilia na resposta imediata do animal em relação à sua doença atual.

Com episódios de dor e sintomas causados por doenças ou tratamentos agressivos, o animal não humano pode sobrecarregar seu sistema emocional por sentir medo, stress, nervosismo ou ansiedade em resposta à dor e às dificuldades possíveis do quadro como: dificuldade para comer, dormir, fazer suas necessidades, se locomover, etc.

Portanto, é indicado como auxiliar no caso de tratamentos invasivos, como quimioterapia e remédios agressivos ou no pós cirúrgico (alívio de dor, regeneração de tecidos , fortalecimento do sistema imunológico, ação anti-inflamatória e cuidado emocional.) Também se torna um grande aliado  em processos de reabilitação ou em tratamentos integrativos além do Reiki, pois o mesmo acentuará e potencializará  os benefícios em questão e ajudará o organismo e o sistema energético a aceitar, reagir e absorver todo o processo de cura.

O Reiki também atua como tratamento paliativo, visando o bem estar, alívio de dores e cuidados emocionais em doenças terminais, trazendo maior estabilidade, aceitação e qualidade de vida ao animal.

Perceba a união de todos os benefícios vindos de diferentes técnicas de tratamento e bem estar. Todas as terapias energéticas e integrativas NÃO SUBSTITUEM o tratamento médico veterinário convencional.

Lembre-se: o método Reiki é um tratamento holístico que trabalha com reequilíbrio físico-energético para facilitar o processo de cura natural, portanto trabalha para gerar bem-estar. Quem faz diagnósticos e prescreve medicamentos  é o médico veterinário convencional, que sempre deve ser consultado para manter a saúde física do seu animal em dia.

“A prática do Reiki Ryoho significa que o praticante deseja felicidade, saúde e bem-estar para todos os seres vivos.” PETTER, Frank Arjava. “Isto é Reiki”