A terapia Reiki é amplamente conhecida por alguns de seus principais aspectos ligados ao bem-estar e à saúde, como o alívio da dor e de desconfortos físicos, a harmonização do corpo, o fortalecimento do organismo, o relaxamento muscular e os benefícios ligados ao campo sutil, ou seja, às camadas energéticas do ser, ao trabalhar a saúde emocional e mental durante o processo de reequilíbrio que promove.

Por trazer um grande auxílio no equilíbrio, força e bem-estar do corpo físico, o Reiki é muito procurado como terapia integrativa no caso de animais idosos, que não raro sofrem questões típicas e comuns à idade como dores na coluna e no corpo, artrite, artrose, disfunções cardíacas, desequilíbrio hormonal, questões gastrointestinais, entre outros exemplos.

Por agir pelo fortalecimento e harmonização do ser como um todo, o Reiki possui uma forte ação no alívio da dor e de desconfortos físicos, como os efeitos colaterais que os animais podem sofrer quando passam por tratamentos mais agressivos, como a quimioterapia.

A energia do Reiki preenche o campo sutil e o corpo do animal (ou do humano) de energia vital (Ki) e auxilia no reequilíbrio de todas as funções do organismo, naturalmente agindo com maior intensidade nos pontos de maior necessidade, ou seja, auxiliando de forma integral na recuperação do bem-estar e da saúde. Isto porquê o Reiki energizará o organismo e o percorrerá como um todo – a energia canalizada recebida irá auxiliar no fortalecimento, regeneração e reequilíbrio de todo o corpo, sendo absorvida com mais intensidade pelas áreas de maior demanda.

Portanto, o Reiki auxiliará no alívio de diversos tipos de desconfortos e desafios que podem aparecer, como perda de apetite, baixa vitalidade, dores musculares e articulares, enjoo, imunidade baixa, apatia, fraqueza, gastrite, irritabilidade e mudanças comportamentais.

Muitas vezes os animais idosos sofrem com efeitos de medicamentos, dores da idade e também disfunções cardíacas, renais, hormonais e podem apresentar uma série de complicações quando apresentam mais de uma disfunção.

O Reiki é uma terapia holística, portanto atuará de forma integrativa e complementar, no reequilíbrio energético e na promoção do bem-estar integral do animal. É sempre importante lembrar que o mesmo deve ser sempre assistido por seu médico veterinário de confiança e que as terapias holísticas devem sempre ser integradas de forma complementar.

As práticas integrativas são grandes ferramentas de bem-estar e qualidade de vida, importantes meios de alívio de sofrimento físico, mental e emocional, agindo pelo fortalecimento e harmonização integral do indivíduo.

Além do conforto físico, o Reiki também promove grande amparo emocional. A terapia atenua emoções como o medo e a tristeza e auxilia o animal a trabalhar a carga vibracional de traumas maiores, como o luto (perda de companheiro animal ou de tutor), um caso de depressão ou um abandono.

A terapia traz uma profunda sensação de paz interior, amparo, acolhimento e amorosidade, elevando a vibração em casos nos quais o animal está assustado, passando por dores, mudanças ou traumas.

Em tempos de temperatura mais fria, o Reiki também é muito procurado para os animais idosos, pois as dores no corpo tendem a piorar com a baixa temperatura.

Seja para a manutenção do bem-estar de seu animal ou para apoiar uma fase de maior desafio de saúde ou trauma, conte com o Reiki e o acompanhamento holístico da Animastê para levar maior conforto e qualidade de vida para seu amado companheiro!

Agende seu horário: (11) 94276-5350 / contato@animaste.com.br

Saiba mais sobre nosso trabalho: www.animaste.com.br

Animais idosos e o Reiki – Como a terapia auxilia nos desafios da terceira idade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *